Monthly Archives: Junho 2011

OSE – SEBRAE e OE – Cabo Verde: vem cá e Chega aqui

Aproveitando a deixa linguística “vem cá” e “chega aqui”, respectivamente – jeito cabo verdiano e brasileiro de se dizer a mesma coisa (pedir que as pessoas se aproximem), certo de que o “chega aqui” é bem mais preciso e objetivo, noticio que a oficina do Empreendedorismo chegou aqui a Santo Antão. Numa viagem longa, desde a Cidade de Natal (RN) até  a travessia do MAR D’CANAL. E está a ser realizada de 6 a 10 de Junho na Cidade de Porto Novo. Uma cooperação entre SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequenas empresas) e a ADEI (Agencia para o Desenvolvimento Empresarial e Inovação).

Nasce assim o primeiro filho – Oficina do Empreendedorismo-, tanto do SEBRAE – por ser a primeira oficina do empreendedorismo fora do Brasil quanto da ADEI por ser a primeira experiência do tipo – a OE (Oficina do Empreendedorismo) de Cabo Verde.

Um sonho que se acordou e já é realidade. Ser empreendedor é isto mesmo. O empreendedor ao revirar-se em sonhos tem a satisfação de, ao acordar, buscar com coragem e determinação a sua realização. Isto acontece quase sempre num o corpo-a-corpo (de escuta, de análise de escolha). É assim também a vida: ao espreitar uma oportunidade é preciso que se decida e diga: “Vem cá”.

Os anos de experiências da OSE (Oficina SEBRAE de Empreendedorismo) ao chegar aqui reconhecem a garra do povo das ilhas. Gentes que desafiam a si mesmos, enfrentando a força da natureza imponente que o cercam, e querem encarar o sonho-real de transformar as pedras em rendimento, em riquezas para uma vida feliz. Será verdade que cabo verdiano não é empreendedor? O Silêncio nosso se justifica diante de muitas mudanças que são e serão necessárias.

Não se engana aquele que acredita que isto não vai parar. A OSE e OE estreitarão e estenderão ainda mais os laços entre o SEBRAE e a ADEI. E muitos e mais resultados concretos chegarão, aqui e lá (no Brasil e em Cabo Verde). É assim também que qualquer um pode fazer-se empreendedor: sonhar e realizar. Mas também porque o empreendedor ao realizar um sonho aprende a sonhar de novo. Não há tempo a perder. Bem haja os que sonharam e disseram vem cá, obrigado aos que colaboraram e chegaram aqui; Desejo-sonho meu (nosso) é que juntos comecemos de novo. Que amanheça logo para mais uma realização do vem cá. Chega aqui!

Abraço

Jose Teixeira

Coordenador da R/Gabinetes do Empreendedor

Anúncios